Pages

Angkor no ♥

Sentei-me por momentos. O calor do meu corpo contra a pedra gelada e as minhas mãos a descansarem sobre milhares de anos. A máquina ao meu lado, rendida pelos disparos constantes. Fechei os olhos. O barulho de fundo era silêncio. Ali, meio escondida de todos, inspirei fundo, parei. Deixei de rodar ao sabor do mundo e percebi o privilégio de tocar aquele lugar cheio de magia. Ao fundo, o som de crianças a rir. Constante. Quantos pensamentos existiram aqui? Quantos passos se perderam por estes labirintos de pedra? Quantas memórias aqui se guardaram?
A minha, com certeza, ficará para sempre.









SHARE:

6 comentários

  1. Fiz exactamente o mesmo que tu e desse lugar só tenho umas 10 fotografias em 3 dias. Estive calada, ouvi o meu coração, deixei-me observar todos os detalhes dum sítio tão mágico. E agora que olho para esse momento, sei: mudou a minha vida, curou-me. :)

    ResponderEliminar
  2. Uma inveja tremenda!

    A.
    http://ohh-hello.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Deve ser uma experiência arrebatadora! ;)

    ResponderEliminar
  4. Lindo. Lindas. Arrebatador. Deve ser um daqueles sítios... Bom regresso.

    ResponderEliminar

© O que vem à rede é peixe. All rights reserved.