Pages

Querido Alentejo


Querido Alentejo, comecei o verão com o pé direito graças a ti. Embalaste-me nas tuas camas de rede, no zumbido dos mosquitos, na imensidão de campos dourados, no canto dos passarinhos. Percorri as tuas estradas de terra e sol vezes sem conta, sempre como se fosse a primeira vez. Enchi a barriga do teu pão que é o melhor do mundo, das compotas caseiras e do mel das tuas abelhas. Dormi à sombra das oliveiras, mergulhei no teu mar selvagem, saboreei o teu por do sol único. Querido Alentejo, nas tuas noites em que nada se ouve consegui ouvir o meu coração. E ele falou-me de paz. Da vontade de te abraçar para sempre. De me aconchegar no teu silêncio. 








Praia dos aivados

Vila Nova de Milfontes

No próximo post a nossa casinha para estes dias, o sítio mais bonito de Portugal.

SHARE:

4 comentários

  1. Que fotografias tão bonitas ♥ Ansiosa por ver a casa!

    ResponderEliminar
  2. O Alentejo tem um encanto especial... Consegues descreve-lo tão bem e em poucas palavras! :)

    ResponderEliminar
  3. As fotos são tão lindas, uma inspiração! E eu aqui tão perto...tenho de ir ao Alentejo, é só descer um 'bocadinho'. ;)

    ResponderEliminar

© O que vem à rede é peixe. All rights reserved.