Pages

o que os sonhos pedem


Um dia vou acordar com o som das galinhas ao fundo do jardim. Vou caminhar descalça pela terra molhada. Vou ver crescer os legumes que vou usar na cozinha, vou apanhar ervas daninhas e vou ouvir o silêncio ao anoitecer. 
Um dia vou correr atrás dos meus filhos num espaço só nosso, vou vê-los brincar com a terra e com a água, vou fotografá-los com a luz dourada no meio das searas de trigo e da sombra das oliveiras.
Um dia vou usar galochas no meio da chuva, vou embrulhar-me numa manta e esperar o luar no alpendre, vou acender velas e dançar ao som da melodia das cigarras.
Um dia vou beber chá quente enquanto aguardo pelo aroma a bolo de chocolate em frente à lareira, vou mergulhar na piscina nas noites quentes de verão, vou vestir as árvores que plantei de luzinhas de natal.



Um dia, deixo a cidade para trás e rendo-me ao que o coração pede e os sonhos querem.


SHARE:

10 comentários

  1. Bom dia Joana, um dia vais realizar tudo o que sonhas.
    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Que sonhos bonitos (= Espero que se tornem todos realidade!

    ResponderEliminar
  3. E que o dia chegue se é isso que desejas mesmo :)

    ResponderEliminar
  4. Tão bom! Só coisas boas e que fizeram parte da minha infância ;) A única diferença, é que em vez de mergulhar na piscina, mergulhava num tanque de rega :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não vai dar tudo ao mesmo? Correr livre pelo campo? Beijinhos grandes♥

      Eliminar

© O que vem à rede é peixe. All rights reserved.